• Você está aqui:
  • Casa »
  • Notícias »

Mobilização de servidores adia votação da PEC 32 para dia 21

Votação na Comissão Especial da Câmara dos Deputados estava prevista para esta quinta-feira

Prevista para esta quinta-feira (16/09), a votação da PEC 32 (Reforma Administrativa) foi adiada para o próximo dia 21. O adiamento é resultado da forte mobilização de servidoras e servidores por todo o país. Esta semana Brasília foi tomada por trabalhadoras/es que lutam contra o desmonte do Serviço Público proposto pelo governo de Jair Bolsonaro.

Nesta sexta-feira o deputado Arthur Maia (DEM), relator da Comissão, deve apresentar novo texto do substitutivo. Parlamentares da oposição afirmaram estar preparados para apresentar emendas e destaques. De acordo com Paulo Pimenta (PT) o governo federal não teria os 308 votos necessário para aprovação da reforma em Plenário.

Desde terça-feira, os servidores têm realizado fortes atos em todo o país. Brasília foi tomada por trabalhadores que lutam contra o desmonte do Serviço Público proposta pelo governo de Jair Bolsonaro. Centenas de pessoas receberam os parlamentares no aeroporto ao desembarcarem na capital para início da semana de trabalhos. Com cartazes nominais e gritos de “se votar, não volta”, os servidores deram seu recado.

Em São Paulo, a mobilização foi organizada pela Frente Paulista em Defesa do Serviço Público, que reúne cerca de cem entidades, entre elas a AASPSI Brasil. Representantes da categoria foram logo cedo ao Aeroporto Internacional de Guarulhos acompanhar o embarque dos parlamentares paulistas à Brasília. À tarde ocorreu um ato em frente a prefeitura.

A luta continua

Tivemos uma pequena vitória, mas a luta continua e será árdua. Não podemos parar a mobilização, nas ruas e nas redes sociais. Continuem em contato com os deputados da sua região, pressionando para que votem contra esta nefasta reforma. Não vamos aceitar o desmonte dos serviços públicos brasileiros!

 

Sobre o(a) autor(a) Ana Carolina Rios

Jornalista pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), bacharel e licenciada em letras pela Universidade de São Paulo (USP). Assessora de Comunicação da AASPSI Brasil desde 2012.