• Você está aqui:
  • Casa »
  • Notícias »

Roda de conversa: Solicitações de perícias para o Cras e Creas – O que fazer?

A última Roda de Conversa das/os assistentes sociais peritas/os judiciais do ano de 2022 aconteceu no dia 30 de novembro. Desta vez o tema escolhido foi “Solicitações de perícias para o Cras e Creas – O que fazer?”.

Contamos, mais uma vez, com a palestra da professora Lucineia do Carmo, que baseou sua fala no Oficio 041/2014 do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Tal documento trata das recorrentes solicitações encaminhadas pelos Tribunais de Justiça, Ministério Público e Defensorias Públicas às/aos assistentes sociais não vinculadas/os a estas instituições.

O conselho entende que a obrigatoriedade do atendimento à estas solicitações coloca em xeque a qualidade do trabalho profissional já que estes profissionais são qualificados para atividades alheias ao objeto de trabalho do Sistema de Justiça.

Muitas/os das/os presentes na roda de conversa vivenciam esta realidade em suas rotinas de trabalho e colocaram suas angústias e dificuldades em lidar com estas situações. Prefeituras municipais com quadros de pessoal defasados na maioria das vezes se submetem às solicitações de juízes e promotores para atender às demandas do Judiciário e as/os assistentes sociais se veem sozinhos na resistência aos desmandos de magistrados e outras autoridades.

Falou-se também sobre a Nota Técnica N° 02/2016 da Secretaria Nacional de Assistência Social/Ministério do Desenvolvimento Social, que trata da relação entre o Sistema Único de Assistência Social-SUAS e os órgãos do Sistema de Justiça e a necessidade constante de capacitação profissional para o enfrentamento a estas e outras questões afetas ao Serviço Social.  As rodas de conversa da AASPSI Brasil com as/os assistentes sociais peritas/os judiciais ocorrem geralmente na última quarta-feira do mês. Caso tenha interesse em participar, cadastre-se no nosso mailing para receber nossas divulgações: https://forms.gle/WSCxPVXxgCPXVxiE8

Sobre o(a) autor(a) Ana Carolina Rios

Jornalista pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), bacharel e licenciada em letras pela Universidade de São Paulo (USP). Assessora de Comunicação da AASPSI Brasil desde 2012.