Lançamento da Frente Paulista em Defesa do Serviço Público

Entidades e servidores debatem formas de mobilização contra reformas e desmontes

Fortalecer o serviço público, mobilizar os trabalhadores e pensar ações de resistência aos desmontes e reformas. Estes são os objetivos da Frente Paulista e Defesa do Serviço Público, lançada nesta segunda-feira (11/11), na Assembleia Legislativa. O evento foi organizado pela Central Pública com apoio do deputado estadual Carlos Giannazzi (PSOL).

“Essa reforma, praticamente destrói o serviço e o servidor público. Sem esses funcionários, não teremos um estado do bem-estar social e o cidadão é que sofre”, apontou José Gozze, presidente da Pública.

Já Giannazzi alertou para os desmontes que vêm sendo articulados pelos Executivos federal, estadual e municipal. “Por tudo isso é que nós estamos nos mobilizando nessa grande frente de entidades de servidores públicos em todo o Estado de São Paulo para combater todos esses ataques do neoliberalismo desumano contra os trabalhadores”, defendeu.

Os servidores públicos e dirigentes de entidades e sindicatos presentes deliberaram por: distribuir aos colegas e à população um manifesto de conscientização da sociedade; realizar reuniões na Alesp toda terça-feira; realizar um debate na Câmara Municipal de São Paulo; organizar um ato no Palácio dos Bandeirantes; elaborar uma nota de repúdio ao governo estadual por ter impedido a participação de servidoras públicas na inauguração da Casa das Mulheres; participação em ato das centrais sindicais que ocorre nesta quarta-feira em frente ao Teatro Municipal e a discussão de um calendários de lutas até o final de 2019.

Foto: Carol Jacob/Agência Alesp

Sobre o(a) autor(a) Ana Carolina Rios

Jornalista pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), bacharel e licenciada em letras pela Universidade de São Paulo (USP). Assessora de Comunicação da AASPSI Brasil desde 2012.

Deixe um comentário